Aumento peniano e suas curiosidades

Ao contrário do que se pode pensar, as mulheres não dão tanta importância ao tamanho do pênis de seu parceiro. Eles são mais ligados ao amor, ternura, cumplicidade, atenção a eles, em vez do tamanho do sexo do parceiro. De fato, 85% deles dizem estar satisfeitos com o tamanho do pênis de sua esposa.

Mas também devemos reconhecer, e muitos estudos provam isso , que as mulheres sentem mais prazer com um pênis grande. Na verdade, ele vai esfregar mais intensamente a parede da vagina e, assim, causar mais prazer ao seu parceiro.

Apenas 55% dos homens estão satisfeitos com o tamanho do pênis.

55% dos homens não têm autoconfiança e isto tem um efeito automático no desempenho sexual. Eles estão ansiosos, estressados, com medo do olhar de seu parceiro e sua masculinidade leva um grande sucesso. Pensar que seu pênis é pequeno ou pelo menos menor que a norma pode ter um efeito psíquico real.

Para alguns homens, o problema é real. Isso é chamado de micro pênis. Para outros, é um problema que não é um problema no final com um pênis cujo tamanho é “normal”. Mas para ampliar o pênis é o que ele quer se sentir melhor e ter mais confiança neles.

Mas, a propósito, qual é o tamanho de um pênis  ? Em repouso, ele deve medir entre 7,5 e 12,5 cm e entre 12,5 e 18 cm eretos. A circunferência média é de 10 a 12,5 cm na ereção. Quando se fala em micropênis, é quando o sexo da pessoa é menor que 7,5 cm.

Se um homem quer aumentar seu pênis, é porque seu tamanho é um complexo real para ele e porque é um sofrimento diário. Esse estresse também pode causar distúrbios sexuais a longo prazo. Saiba como aumentar o penis.

O aumento do pênis é – um comércio em rápido crescimento. A crescente disponibilidade de pornografia, o aumento de publicidade em que o sexo masculino pode ser visto no regalia completo é – pense David Beckham de cueca, ou Cristiano Ronaldo em sua cueca, ou Rafael Nadal em sua cueca, ou Justin Bieber em sua cueca – e a onipresença do spam de e-mail que nos diz que precisamos ser maiores nos bastidores criou uma geração de homens que, de acordo com as teorias, estão preocupados com o que têm em estoque. Uma pesquisa realizada no King’s College, em Londres, descobriu que um em cada três homens se preocupava com seu pênis.