Outras causas de disfunção sexual incluem problemas com

O tratamento bem-sucedido da disfunção erétil (impotência) demonstrou melhorar a parintimidade, melhorar a satisfação sexual, melhorar a autoestima masculina e a qualidade de vida geral. Em alguns homens, também pode aliviar sintomas de depressão.

A disfunção erétil é apenas uma das causas da disfunção sexual. Outras causas de disfunção sexual incluem problemas com ejaculação, diminuição da libido e problemas para atingir um orgasmo (clímax). Alguns homens podem ter ejaculação precoce, que é uma condição em que todo o processo de excitação, ereção, ejaculação e clímax ocorre muito rapidamente, muitas vezes em apenas alguns minutos ou mesmo segundos, deixando o parceiro insatisfeito. A ejaculação precoce pode seguir um problema de ereção, como a disfunção erétil, mas geralmente é tratada de forma diferente. Problemas com a função erétil podem levar a diminuição da libido ou interesse sexual, mas muitos homens com libido prejudicada têm disfunção erétil normal. A libido pode ser afetada por fatores psicológicos, como estresse, ansiedade ou depressão, mas muitas vezes é o resultado de um baixo nível de testosterona (hormônio masculino).

A patologia vascular é a principal causa de disfunção erétil, e a própria doença pode ser um sintoma de doença cardiovascular e, frequentemente, um dos primeiros sintomas. A doença isquêmica do coração ocorre em 40% dos pacientes que sofrem de disfunção erétil dentro de 4 anos de acompanhamento. São problemas sexuais masculinos que muitas vezes permitem que os médicos identifiquem sérios problemas com o coração e grandes vasos no tempo, pelos quais devemos ser gratos pela disfunção erétil.

Causas e condições para a formação de disfunção erétil

Segundo as estatísticas, os homens no nosso país desconsideram mais a sua saúde íntima do que os europeus ou asiáticos. Portanto, distúrbios de potência e várias disfunções sexuais são muito mais frequentes, são detectados em estágios posteriores e avançados.

Uma das condições concomitantes para o desenvolvimento da disfunção erétil é um alto grau de lesão aos genitais, bem como a influência de maus hábitos (tabagismo e álcool).

Além disso, havia uma opinião errada nas mentes dos homens de que, tendo esse problema, iniciar o tratamento para a disfunção erétil é um tipo de reconhecimento do fato de que você não está mais em um cavalo e não pode satisfazer seu parceiro.

Fortes efeitos na esfera íntima e na potência são exercidos por estresses experimentados pelos homens no trabalho ou na vida cotidiana – humor deprimido, manifestações de depressão, falta de sono e fadiga levam à disfunção erétil.